Mensagens

26/09/2016 15:30 - Atualizado em 26/09/2016 15:30

A vontade de Jesus sobre a obra Missionária

“Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra. Não dizeis vós que ainda há quatro meses até à ceifa? Eu, porém, vos digo: erguei os olhos e vede os campos, pois já branquejam para a ceifa.” (João 4.34,35)

Ao ler as palavras de Jesus podemos compreender que:

PRIMEIRO: A obra missionária requer prioridade – v.34

Os discípulos estavam preocupados com Jesus porque já fazia algum tempo que ele não parava para se alimentar. Jesus, então, mostra aos seus discípulos que a sua prioridade era a realização da vontade do Pai. E, para tanto, as oportunidades tinham de ser aproveitadas para a proclamação das boas-novas.

Alguém já disse que “Enquanto a Igreja não se despertar para a obra missionária, não cumprir seu chamado, não terá justificado a sua existência!”

Paulo, a exemplo de Jesus, afirmou: “Em nada tenho minha vida por preciosa para mim mesmo….” (Atos 20.24).

Nossa maior dificuldade em relação a obra missionária é porque não a priorizamos. Nossos interesses, nosso bem-estar, nosso conforto esta em primeiro lugar. A obra de Deus é preterida sempre que concorre com nossos interesses, toda vez que demanda esforço, empenho e renúncia. Isto acontece porque não a priorizamos em nossa vida!

SEGUNDO: A obra missionária requer urgência – v.35a

Missões requer urgência porque não temos garantias de que nós ou as pessoas a quem deveríamos ter pregado terão outras oportunidades.

É por isso que em João 9.4, Jesus diz “Trabalhe enquanto é dia, porque a noite logo vem quando ninguém pode trabalhar!” A noite aqui pode muito bem se referir ao fim da oportunidade de fazer algo e isto se refere a nós e às pessoas a quem deveríamos ter pregado.

O tempo de se despertar para a obra missionária é hoje! Cada dia perdido, cada oportunidade negligenciada pode ter um custo muito alto e irreversível!

TERCEIRO: A obra missionária requer “olhos levantados” – v.35b

Levantar os olhos significa ampliar a visão, enxergar mais longe; enxergar fora de si e além de si! Olhar além do aqui e agora! É ver o que Deus Vê!

Este olhar levantado nos ajuda a enxergar que os campos já estão brancos ou seja, já estão preparados para a colheita. Olhar a necessidade dos povos perdidos! Atentar para as oportunidades, as possibilidades e não as limitações! O mundo está em desespero e insegurança. Este é o tempo oportuno para pregar e fazer grandes colheitas para o Senhor!”

Erguer os olhos também nos ajuda a olhar para cima e ver que a autoridade e a capacitação para o “Ide” vem dEle. Antes de nos enviar e Jesus afirmou que “todo poder já tinha sido dado a Ele” (Mt 28:19-21). É debaixo da autoridade que caminhamos. É Ele quem nos capacita, quem nos dará palavras.

CONCLUSÃO: É tempo de levantar os olhos; de priorizar o Reino de Deus em nossa vida e nos conscientizarmos da urgência.

Para pensar: “Missões se faz com os PÉS dos que vão, com os JOELHOS dos que ficam e com as MÃOS dos que contribuem”.

Pr. Arlécio Franco Costa

 

Recentes

Mensagem - Luzes do Natal

Artes

Luzes do Natal

Mensagem - Nasceu a esperanca

Pastoral

Nasceu a esperança!

Mensagem - Missoes no Oeste da Africa

Evangelismo e Missões

Missões no Oeste da África

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.