Mensagens

8/10/2014 15:06 - Atualizado em 8/10/2014 15:06

Deixai vir a mim os pequeninos

O Acampamento Infantil IBBP chegou, e imagino quanto trabalho para deixar tudo bem arrumado e ajustado para receber esta galerinha! Penso neste ministério e no seu árduo trabalho para com os pequeninos, e para com os pais dos pequeninos também…, pois é.

Devemos louvar a Deus pelo ministério infantil de nossa igreja. Louvá-Lo por esta liderança zelosa que trabalha muito. Louvá-Lo pelos nossos jovens que também ajudarão nesta missão.

Quando suplico a Deus por este acampamento, os versículos que me vêem ao coração são: Lucas 18:15-17: “Traziam-lhe também as crianças, para que as tocasse; e os discípulos, vendo, os repreendiam. Jesus, porém, chamando-as para junto de si, ordenou: Deixai vir a mim os pequeninos e não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele.

Estes versos são compreendidos por minha mente, e muito mais pelo meu coração, quando percebo o quanto eu me emociono ao ver as crianças adorando a Deus. Adoram porque se sentem alegres e importantes. Alegres e importantes por puramente…, adorarem a Deus! Adoram cheios de inocência. Apenas abrem a boca e adoram com o coração! Ao vê-los, relembro daquela confiança total de quando criança, eu atravessava as ruas de mãos dadas com a pessoa responsável por mim. Se esta pessoa começava a andar…, eu andava; se parasse…, eu parava. Geralmente eu olhava diretamente para a pessoa, ou para qualquer outro lugar, mas quase nunca para os lados, a não ser que esta pessoa me ensinasse isso.

Ah pessoal! Imagino se não é este o único requisito para receber o Reino de Deus: Pureza, Inocência, Confiança Total para com o Rei!

Não há nenhum sentimento de independência, mas apenas o de total dependência de Deus. Nunca uma exaltação própria, mas tão somente uma alegria de pertencer ao Rei. Nos versos anteriores deste capítulo (10-14), Jesus conta uma parábola diferenciando a questão daquele que se exalta, e aquele que se humilha. O que se humilhou Jesus garantiu que foi justificado.

Aprendamos com as crianças a vivermos este estado de pureza, de inocência, e de confiança total em Deus.

E para finalizar, mais um aprendizado com os pequeninos. Já que estamos no mês da música, e uma semana de adoração e louvor com o Adorarte se aproxima: minha oração é para que aprendemos com as crianças, a tirar o perfeito louvor! Se não fosse assim, Jesus não teria dito: Mateus 21:15-16: “Mas, vendo os principais sacerdotes e os escribas as maravilhas que Jesus fazia e os meninos clamando: Hosana ao Filho de Davi!, indignaram-se e perguntaram-lhe: Ouves o que estes estão dizendo? Respondeu-lhes Jesus: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor?

Grande abraço a todos. Deus os abençoe grandemente.

Wallace Monteiro Pinheiro

Recentes

Mensagem - AgostoJA

Jovens e Adolescentes

AgostoJA – A Cultura do Reino

Mensagem - Evangelizacao da Familia

Evangelismo e Missões

Evangelização da Família

Mensagem - CEU

Evangelismo e Missões

CEU - Campanha de Evangelização Urbana

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.