Mensagens

29/10/2014 14:02 - Atualizado em 29/10/2014 14:15

Diplomacia de Faraó

Foram três as propostas que Faraó, empregando as artes da diplomacia, fez a Moisés.

“Diplomacia”, disse o famoso Barão do Rio Branco, “é concordar, discordando”. Já a ‘Dama de Ferro’, Margaret Thatcher, falou: “Diplomacia é o meu jeito de fazer as pessoas fazerem as coisas do meu jeito”. Talvez um pouco mais sincera.

Penso eu que Faraó, ou, na verdade, o diabo, agindo através do monarca do passado, tenta fazer negócio com o povo de Deus. E, na verdade, ninguém é mais diplomático e polido que o inimigo de nossas almas.

 1. “Sirvam ao Senhor nesta terra.”

Está em Êxodo 8.25. Mas o Egito significa o pecado, e a proposta do diabo a muitas pessoas é: “Sirva ao Senhor, mas não deixe seus pecados para trás.” “Vá aos cultos, mas adore o mundo!” “Seja crente, mas ame seus pecados”. A astúcia satânica que deseja enganar, e fazer crer ser possível servir a Deus na terra do pecado. É necessário ser transplantado do Egito para a Terra Prometida.

 2. Sirvam somente os homens ao Senhor (Êx 10.11)

A proposta número dois era que os alguns fossem servir, mas deixassem os outros para trás. Proposta que continua de pé até hoje. O diabo nos propõe que confinemos nossa Fé em algum cantinho muito particular da vida, em vez de levarmos sua mensagem a todos que nos cercam, mas Paulo é quem diz assim: “Não me envergonho do Evangelho!” (Romanos 1.16).

3. Sirvam todos, mas deixem suas riquezas aqui (Êx 10.24)

E então a terceira artimanha, que poderia ser fatal. Sirva a Deus, mas olhe para as riquezas do mundo, e deseje essas riquezas com todo o seu coração. Moisés, nosso herói. respondeu: “NEM UMA UNHA FICARÁ” (Êx 10.26). Nosso compromisso de serviço a Deus ou é integral, ou é nulo.

Sobre a diplomacia do diabo, existe uma anedota que conta a história de um homem cujo maior desejo era morar em esplêndida mansão. O diabo, conhecedor desse desejo, disse àquele homem: “eu te dou aquela casa, com uma única condição.” “Qual condição?” “Que eu seja dono exclusivo de um prego na parede da sala principal.” O homem, encantado com a proposta, aceitou. Qual não foi a sua tristeza quando, no meio de uma festa, o dono do prego entrou e pendurou uma carniça fétida ali, olhou para o dono da casa e disse, sorrindo: “O prego é meu, e uso como bem entender”.

Quem fecha acordo com o diabo, seja através de Faraó ou de qualquer outro, sai perdendo. “Não deis lugar ao diabo” (Ef 4.27) – Aprendamos: com o capeta não se faz negócio. Nosso tesouro são as “insondáveis riquezas de Cristo” (Ef 3.8)

Pr. Hugo Zica 

Recentes

Mensagem - O coracao de pastor

Pastoral

O coração de Pastor

Mensagem - Lideranca Espiritual

Educação Cristã

Liderança Espiritual

Mensagem - Lideranca Espiritual

Educação Cristã

Liderança Espiritual

Comentários

  1. Nivalde Teixeira de abreu disse:

    Toda honra e Glória ao nome do Senhor. Tenho sido muito edificado com as Pastorais e estudos dos amados pastores do Barro Preto.
    Para mim esta Igreja é um referencial de fé e seriedade no Cristianismo.

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.