Mensagens

1/04/2019 11:22 - Atualizado em 1/04/2019 11:22

Ensinando a Mensagem do Reino de Deus

O tema em epígrafe deve nos conduzir a uma reflexão sobre a nossa responsabilidade em compartilhar a fé cristã. Pregar o Evangelho é mais do que convidar pessoas a virem à igreja. Até porque a maioria das pessoas não virá à igreja.

O conceito que encontramos no Novo Testamento é o de levar as pessoas a Cristo através do compartilhamento das verdades proclamadas por Jesus e, também, das nossas experiências com Deus.

Evangelismo pessoal é o meio mais eficiente para alcançar toda criatura. Pouco antes da ascensão de Jesus Cristo, Ele disse explicitamente a Seus discípulos para onde ir e o que fazer, em termos claros demais para serem confundidos. Ele disse: “Mas recebereis a virtude (poder) do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-Me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda Judéia e Samaria e até os confins da terra” (Atos 1.8).

Como essa ordem de Jesus pode ser aplicada a nós, neste tempo?

“Jerusalém” é a nossa cidade de residência.

“Toda a Judéia” representa o nosso estado ou nação.

“Samaria” representa aqueles que sofrem qualquer forma de preconceito (os refugiados, por exemplo).

E até aos “confins da terra”. O trabalho de conquistar almas é um ministério mundial.

É esse o ministério que a nossa igreja deve estar empenhada até ao limite das nossas possibilidades. Devemos ir ao encontro dos homens e mulheres que, sem Jesus em suas vidas, desconhecem o perdão de Deus que traz a paz, a alegria e a vida eterna.

O ministério do evangelismo pessoal é a chamada de Deus que pesa sobre cada cristão na face da terra. É a dedicação que remove o cristão da posição de espectador, tornando o crente em instrumento especial do Espírito Santo. O crente é elevado da galeria como “ouvinte” da Palavra, para um “praticante” da Palavra.

A maioria dos cristãos, infelizmente, é restrita em sua visão. Olham apenas os seus próprios “umbigos”, indiferentes àqueles que estão caminhando a passos largos em direção à perdição eterna.

O Senhor continua a perguntar: “A quem enviarei, e quem há de ir por nós?”. A resposta do profeta Isaías deve ser a nossa resposta: “Eis-me aqui, envia-me a mim.” (Isaías 6.8).

Você tem proclamado a mensagem do Reino de Deus? Você é uma testemunha da graça e do amor de Jesus?

Pr. Arlécio Franco Costa

Recentes

Mensagem - A Páscoa Cristã

Pastoral

A Páscoa Cristã

Mensagem - Acredita?

Pastoral

Acredita?

Mensagem - Igreja Acolhedora

Pastoral

Igreja Acolhedora

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.