Mensagens

21/03/2016 11:14 - Atualizado em 21/03/2016 11:14

Entrada triunfal de Jesus

Sabendo que se aproximava o tempo de cumprir a sua missão como Redentor, o Senhor Jesus dirigiu-se à cidade de Jerusalém, onde seria crucificado.

Saiu de Betânia, onde moravam os seus amigos Lázaro, Marta e Maria, e caminhou em direção a Jerusalém, passando por uma aldeia chamada Betfagé, vila situada no monte das Oliveiras.

O Senhor não fez nenhuma exigência para a Sua entrada jubilosa em Jerusalém. Ele não exigiu nada, apenas um jumentinho. “Isso aconteceu para se cumprir o que foi dito pelo profeta: Dizei à Filha de Sião: eis que o teu rei vem a ti, manso e montado em um jumento, em um jumentinho, filho de uma jumenta” (Mt 21.4-5)

Jesus Cristo, Deus Onipotente, o Senhor do céu e da terra não quer o jumentinho para Si, o Seu desapego é total. Ele promete devolvê-lo ao seu dono após a entrada em Jerusalém: “E se alguém vos disser alguma coisa, respondereis que o Senhor está precisando deles, mas logo os devolverá” (Mt 21.3). O Senhor não quer para Si aquilo que pertence ao próximo, a Sua honestidade é exemplar.

Os discípulos fizeram como nosso Senhor lhes ordenara: “Levaram-no então a Jesus” (Lc 19.35). Nada acrescentaram ou tiraram, nada de vontade própria, simplesmente cumpriram o que o Senhor lhes havia ordenado. Já disse alguém que “A obediência é o túmulo da vontade própria.”

Eles apóstolos, não deram opinião, não murmuraram, não questionaram, simplesmente obedeceram. Enquanto caminhavam rumo a Jerusalém, todos cantavam alegremente. A multidão, cheia de alegria, estendia as vestes e palmas pelo caminho, e também balançava ramos de oliveira.
Desse episódio, podemos extrair algumas lições:

Primeira: Quando reconhecemos Jesus como o Filho de Deus, não temos alternativa senão a obediência à Sua vontade. Ele é Senhor!
Segunda: Quando reconhecemos Jesus como o nosso Salvador, temos que proclamá-lo diante de todos os povos, com coragem, com alegria e com profunda gratidão, que Ele é o Único e Suficiente Salvador.

Amados, neste dia que recordamos a entrada de Jesus em Jerusalém, tomemos a decisão de sermos seus instrumentos para que Ele seja sempre proclamado como Rei e Senhor.

Pr. Arlécio Franco Costa

Recentes

Mensagem - A importancia da igreja local

Pastoral

A importância da Igreja local

Mensagem - Despertamento Espiritual

Pastoral

Despertamento Espiritual

Mensagem - Família

Família

Família

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.