Mensagens

9/05/2014 16:44 - Atualizado em 9/05/2014 16:51

Família Cristã, por Pr. Arlécio F. Costa.

Em nosso calendário eclesiástico, o mês de Maio é reconhecido como “Mês da Família”. E, assim, nossa igreja promove várias atividades para celebrar essa instituição divina, sobretudo, procurando reafirmar os princípios e valores da fé cristã.

Quando abordamos o assunto “família”, procuramos entender que a família começa com o casamento. Casamento, diga-se enfaticamente, entre um homem e uma mulher. Quando Deus criou Adão e Eva, Ele revelou Seu plano: “por isso deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gn 2.24).

Este plano é claríssimo. Um homem ligado a uma mulher. Milhares de anos mais tarde, Jesus afirmou que este ainda é o plano de Deus. Ele citou esta escritura e acrescentou: “Portanto, o que Deus ajuntou, não o separe o homem” (Mt 19.6). Este casamento é uma relação para toda a vida. Somente a morte deveria cortar esse laço (Rm 7.1-3).

Outra preciosa verdade que precisa ser entendida: Deus aprovou as relações sexuais somente dentro do casamento. Não há nada de mal ou impuro no tocante às relações sexuais dentro de um casamento aprovado por Deus. Em Hebreus 13.4 está escrito: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e os adúlteros”.

É, portanto, absolutamente saudável que esposos e esposas, num leito sem desonra, satisfaçam os desejos sexuais (dados por Deus) de seus cônjuges (1 Co 7.1-5). O Apóstolo Paulo diz: “Não vos priveis um ao outro, salvo por consentimento mútuo, e por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da falta de continência”.

Ainda se faz necessário ressaltar que todas as outras relações sexuais são sempre e absolutamente erradas. Relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são absolutamente proibidas por Deus (Rm 1.24-27; 1 Co 6.9-11). Deus não criou “Adão e João”, nem “Eva e Maria”. Ele fez uma mulher: Eva, como parceira apropriada para um homem: Adão.

Homem e mulher: este é o verdadeiro conceito de família. De família cristã.

E, finalmente, as relações sexuais antes do casamento, mesmo entre pessoas que pretendem casar-se, são condenadas por Deus (1 Co 7.1, 2, 8, 9; Gl 5.19), assim como as relações sexuais extraconjugais (Hb 13.4).

Neste mês, celebremos a família cristã!

Pr. Arlécio F. Costa 

Recentes

Mensagem - A importancia da igreja local

Pastoral

A importância da Igreja local

Mensagem - Despertamento Espiritual

Pastoral

Despertamento Espiritual

Mensagem - Família

Família

Família

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.