Mensagens

4/09/2017 12:25 - Atualizado em 4/09/2017 12:25

Família

É triste constatar que a família está em crise. Os problemas se multiplicam e cada vez mais se observa famílias sendo fragmentadas e em sofrimento.

A sociedade pós-moderna procura imprimir em nossas mentes que essa instituição criada por Deus está falida e, consequentemente, deveria trilhar caminhos completamente opostos aos princípios e valores da fé cristã.

As consequências de tais pensamentos estão à vista de todos: destruição do alicerce que dá sustentação à sociedade.

A família que preserva e pratica os fundamentos do cristianismo, contribui para a formação de pessoas preparadas sociológicas, psicológicas e, especialmente, espirituais. Enfim, pessoas que contribuirão para o bem-estar da sociedade.

Em Deuteronômio 6 encontramos os fundamentos que o Senhor instituiu para as famílias do Seu povo, mostrando como garantir a sobrevivência da família. Dentre eles, a obediência aos mandamentos divinos, a temerem e amarem o Senhor de todo o coração.

Temor é reverência a Deus. Hebreus 12.28-29 descreve muito bem: “Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor.” Essa reverência explica exatamente o que temer a Deus significa para os crentes. Esse é o fator que deve nos estimular a nos entregar totalmente ao Criador do Universo.

Quando pensamos em nossa família, desejamos para ela o melhor. Mas, infelizmente, muitos acham que o melhor reside na educação secular, em um bom emprego que proporcione recursos suficientes para o conforto e um futuro promissor. Isto não é tudo!

Precisamos pensar, prioritariamente, no relacionamento com Deus. A vida material é passageira, mas o espírito é eterno. Temos que pensar na eternidade.

Daí a necessidade de compartilharmos com os nossos familiares a graça do nosso Senhor Jesus Cristo. Sem ela não há paz aqui e na eternidade.
A nossa tarefa como família não se resume em preparar pessoas para esse tempo, apenas. Mas prepará-las, também, através de Jesus, para a eternidade com Deus.

A propósito, os seus familiares tem a vida eterna?

O apóstolo João afirmou que “Aquele que tem o Filho (Jesus) tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (1 João 5.12).

Pr. Arlécio Franco Costa

Recentes

Mensagem - Parabens professor

Educação Cristã

Parabéns, professor(a)!

Mensagem - Dividas o que fazer

Pastoral

Dívidas! O que fazer?

Banner Site Adorarte

Artes

A arte que Proclama o Reino

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.