Mensagens

4/12/2017 11:49 - Atualizado em 4/12/2017 11:49

Nasceu a esperança!

A história de José, um dos filhos de Jacó, nos mostra a Soberania de Deus na condução do Seu povo. Vendido pelos seus irmãos a uma caravana de ismaelitas, tornou-se escravo no Egito, servindo na casa de Potifar, um oficial da guarda de Faraó.

Preso, devido a uma calúnia, Deus lhe dá o livramento e o coloca como o homem de confiança do poderoso Faraó, após decifrar o sonho que angustiava o rei.

José, o rejeitado pelos seus irmãos, tornou-se nas mãos de Deus o instrumento para dar sustento ao seu pai, aos seus irmãos e todos os demais familiares.

Os familiares, agora residindo no Egito, se multiplicam.

O tempo passou. José não mais existe. Os faraós se sucederam. Séculos depois os hebreus são escravizados por um Faraó que não conhecera a história de José.

Deus, porém, não havia esquecido a promessa feita ao patriarca Abrão, na distante Ur dos caldeus. Deus levanta Moisés, nascido no Egito, adotado pela filha de Faraó, para ser o grande líder dos hebreus, conduzindo-os à Terra prometida pelo Senhor.

Séculos depois, já estabelecidos em Canaã, Deus fala ao Seu povo através dos profetas confirmando Suas palavras. E, especialmente, através do profeta Isaías, Ele diz: “Do tronco de Jessé, sairá um rebento, e das suas raízes um renovo. Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o Espírito da sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor. Deleitar-se-á no temor do Senhor; não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos; mas julgará com justiça os pobres e decidirá com equidade a favor dos mansos da terra. A justiça será o cinto dos seus lombos”. (Isaías 11.1-5)

E, no nascimento de Jesus, o Filho de Deus, cumpriu-se a Escritura quando afirma: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Isaías 9.6)
A vinda de Jesus foi o estabelecimento de uma Nova Aliança que proporcionou para toda a humanidade, o nascimento da Esperança que tem o seu fundamento no amor de Deus, através do Seu Filho, Jesus.

Natal é a celebração da profecia bíblica que trouxe a Esperança de um novo relacionamento com o Criador, o Eterno Pai.

Celebremos o Amor de Deus e a Esperança cristã!

Pr. Arlécio Franco Costa

Recentes

Mensagem - Luzes do Natal

Artes

Luzes do Natal

Mensagem - Missoes no Oeste da Africa

Evangelismo e Missões

Missões no Oeste da África

Mensagem - O Culto Cristao

Pastoral

O Culto Cristão

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.