Mensagens

21/07/2014 16:42 - Atualizado em 21/07/2014 16:42

O cedro é um símbolo do Cristão

“Os cedros do Líbano que Ele plantou” (Sl 104.16)

Os cedros do Líbano simbolizam os cristãos, naquilo que se refere a terem sido inteiramente plantados pelo Senhor. Isto é a verdade absoluta sobre cada filho de Deus. O cristão não é plantado pelo homem, nem por si mesmo, mas é plantado por Deus! Jesus disse isso: “Mas a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no Seu nome, os quais não nasceram da vontade do sangue, nem da vontade da carne, mas de Deus” (João 1.12,13). A mão onipotente do Espírito divino fez cair a semente de vida dentro do coração de cada cristão. Cada verdadeiro herdeiro do céu pertence ao grande Agricultor que o plantou!

Além disso, os cedros do Líbano não dependem do homem para regá-los; eles subsistem nas altas rochas não irrigadas por mão humana; e, no entanto, nosso Pai Celeste supre suas necessidades. Assim é com o cristão que aprendeu a viver pela fé. Ele não depende do homem, mesmo nas coisas temporais; ele espera no Senhor seu Deus por seu sustento, e somente nEle! O orvalho do céu é sua porção, o Deus do céu é seu manancial!

Ainda mais, os cedros do Líbano não são protegidos por nenhum poder mortal. Eles nada devem aos homens para serem preservados das tempestades e ventos tormentosos. São árvores de Deus, mantidas e preservadas por Ele, somente por Ele. É exatamente a mesma coisa com o cristão. Ele não é uma planta de estufa, protegido das tentações; ele fica no local exposto, sem refúgio e proteção que não sejam as vastas asas do Eterno Deus, sempre a abrigar os que Ele mesmo plantou.

Como o cedro, os crentes são cheios de vigor, tendo vitalidade para estarem sempre viçosos, mesmo no meio das neves invernais. O crente há de manifestar a firmeza como a do cedro, nunca se curvando diante dos ídolos deste mundo mau.

Finalmente, o florescimento e as majestosas condições do cedro são somente para a glória e louvor de Deus. O Senhor, e somente Ele, tem sido tudo para o cedro, e, por isso, Davi, com muita doçura, colocou num de seus salmos: “Louvai ao Senhor, árvores frutíferas e vós, todos os cedros” (Sl 148.9). No crente não existe nada que possa glorificar o homem; ele é plantado, nutrido e protegido pela própria mão do Senhor.

A Ele seja toda a glória!

C. H. Spurgeon (com adaptações)

Recentes

Mensagem - AgostoJA

Jovens e Adolescentes

AgostoJA – A Cultura do Reino

Mensagem - Evangelizacao da Familia

Evangelismo e Missões

Evangelização da Família

Mensagem - CEU

Evangelismo e Missões

CEU - Campanha de Evangelização Urbana

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.