Mensagens

19/03/2018 12:04 - Atualizado em 19/03/2018 12:04

Onde está Abel, teu irmão?

A pergunta acima foi feita por Deus a Caim, irmão de Abel. A resposta de Caim foi uma demonstração de desamor e falta de respeito. Afinal, ele sabia perfeitamente do mal que havia cometido contra o seu irmão.

Hoje, nesta sociedade chamada “pós-moderna”, observamos a ênfase exagerada no individualismo e, consequentemente, um completo desinteresse pelo próximo. Compreende-se a pós-modernidade como um tempo de indefinições e fragmentações na sociedade atual. Esta filosofia tem afetado, infelizmente, a igreja cristã, porque muitos estão entendendo que podem viver o cristianismo sem a participação na Igreja, Corpo de Cristo.

Não é assim que nos ensina a Palavra de Deus.

Ao estudarmos as Escrituras Sagradas encontramos conselhos e admoestações no sentido de sermos cooperadores de Deus na edificação e cuidado daqueles que participam do Corpo de Cristo.

Temos nos empenhado, através dos ministérios da igreja, em buscar aqueles que, por motivos diversos, tem se ausentado dos cultos e das atividades promovidas pela igreja. Sabemos que alguns deles passam por dificuldades familiares, outros pela mudança de residência ou pelo enfrentamento de enfermidades. Mas, infelizmente, alguns outros por negligência ou esfriamento na fé.

Apesar de compreendermos os motivos de cada um, não podemos nos acomodar no sentido de abandoná-los com as suas “justificadas” ausências. Precisamos da ajuda dos irmãos para, especialmente, ir ao encontro deles. Devemos mostrar a cada um o nosso interesse em tê-los conosco participando da comunhão. Esta comunhão que começa aqui se estenderá por toda a eternidade.

Há urgência, amados, porque percebemos claramente os sinais que prenunciam o retorno do nosso Senhor Jesus. Ao falar sobre a sua volta, Jesus disse que, a exemplo dos dias de Noé, muitos estarão comendo, bebendo, casando e dando-se em casamento, completamente alheios aos sinais que anunciam a Sua vinda (Mateus 24.37,38).

Precisamos, sim, buscar aqueles que, como a Igreja em Éfeso, “abandonaram o primeiro amor” (Apocalipse 2.4). O apelo do Senhor à igreja em Éfeso deve ser o mesmo apelo a ser levado a esses queridos irmãos: “Lembra-te…volta à prática das primeiras obras…” (Apocalipse 2.5).
Respondamos ao apelo dos céus, mostrando o nosso amor àqueles que se ausentaram da casa do Pai. Junte-se a nós nesse abençoado trabalho.

Pr. Arlécio Franco Costa

 

Recentes

Mensagem - Vigilia de Oracao pelo Brasil

Oração

Vigília de Oração pelo Brasil

Mensagem - Viagem Missionária a Barra Longa

Pastoral

Viagem Missionária à Barra Longa

Mensagem - Jubileu de Pinheiro

Pastoral

Jubileu de Pinheiro

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.