Mensagens

18/08/2016 16:18 - Atualizado em 18/08/2016 16:18

Santificação

O apóstolo Pedro, em sua primeira carta, relembra à igreja o imperativo divino: “Sede santos, porque eu sou santo.” (I Pe 1.16).

Para Jesus, ser santificado tinha uma profunda e indissolúvel relação com a assimilação dos conceitos da verdade de Deus, mediante um aprendizado não apenas teórico e teológico da letra da Palavra, mas mediante a vivência da presença de Deus na história em conformidade com o padrão da Palavra de Deus transformando o coração.

A busca da santificação, em obediência à Palavra, não poderá ser alcançada pelo esforço do crente através de uma perfeição moral. Não! A santificação acontece pela transformação interior, fruto da ação do Espírito Santo.

O Espírito Santo transforma-nos de forma real e vital. Ele nos torna pessoas diferentes, levando-nos a refletir o caráter de nosso Senhor Jesus.
Se quisermos fazer uma avaliação da nossa própria vida, basta observar as características relatadas em Gálatas 5.22-23: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.”

Através do fruto operado pelo Espírito Santo, o caráter de Cristo vai se formando gradualmente em nós; e assim, nos tornamos santos.
De fato, o grande segredo da santificação é estar em Cristo e tendo sempre a coragem de verificar se estamos mesmo nEle (II Co 13.5)

Este é o princípio essencial à santificação e às demais virtudes da fé cristã.

Portanto, amados, sejamos santos!

Pr. Arlécio Franco Costa

Recentes

Mensagem - A importancia da igreja local

Pastoral

A importância da Igreja local

Mensagem - Despertamento Espiritual

Pastoral

Despertamento Espiritual

Mensagem - Família

Família

Família

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.