Mensagens

17/02/2013 12:57 - Atualizado em 17/02/2013 12:58

Editorial: Saudade

“…e me mostrou a Santa Cidade, Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, (…) A Cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua luz. (…) Nela nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada nem o que pratica abominação, mas somente os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro. (…) Nunca mais haverá maldição. (…) o Senhor brilhará sobre eles, e reinarão pelos séculos dos séculos” (Ap 21.10c, 23, 27; 22.3a, 5b).

 “Saudade” é palavra que existe só no português. A primeira vez que aparece é no Cancioneiro d’Ajuda (escrito nos anos 1200), como uma junção de duas palavras: Solidão e Saudar – a ideia é a de se sentir sozinho, no desejo de saudar alguém.

Explicações à parte, bom mesmo é rever gente que se gosta, dar um abraço apertado, um beijo amigo e carinhoso, e dizer: “Que bom te ver!”. Como é bom, aos Domingos, nos nossos cultos, não somente adorar ao Senhor e receber a Palavra de Deus, mas também rever uns aos outros e expressar o amor que nos une. Os abraços no começo do culto são atos de adoração também.

Mas há saudades diferentes. Saudades do lar. Veja o hino “Saudade” (484 CC):

“Da linda pátria estou mui longe, triste eu estou;

eu tenho de Jesus saudades; quando será que vou?

Passarinhos, belas flores, querem me encantar.

Ó, vãos terrestres esplendores, não quero aqui ficar” 

Diz Rubem Alves: “Saudade é a nossa alma dizendo para onde quer ir”. Por isso é que, mesmo nunca tendo estado lá, temos saudades e sonhamos em lá estar. Não há conforto maior do que saber que estaremos para sempre com nosso Salvador e Senhor. Não há riqueza neste mundo que se possa comparar com o prêmio que Deus tem para os que O amam e servem.

Céu, lindo céu! Céu, lindo céu! Há mansões celestiais, todas feitas por Deus.

Céu, lindo céu! Céu, lindo céu! Eu vou pro céu, lindo céu,

Com Cristo vou morar no lindo céu! 

Seja esse o nosso conforto, ânimo e esperança: saber que o que Jesus disse é verdade: “Na casa de Meu Pai há muitas moradas” (João 14.2). Uma morada para mim, outra para o irmão e muitas para todo o povo de Deus, para sempre. Amém e Amém!

 

Sem. Hugo S. Zica

Recentes

Mensagem - Diaconia

Diaconal

Diaconia

Mensagem - Dia Batista de Oracao Mundial

Oração

Dia Batista de Oração Mundial

Mensagem - CEU

Evangelismo e Missões

Campanha de Evangelização Urbana

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.