Mensagens

19/10/2015 12:19 - Atualizado em 19/10/2015 12:26

Sim, está tudo bem!

“Partiu pois, e foi ter com o homem de Deus, ao monte Carmelo; e sucedeu que, vendo-a de longe o homem de Deus, disse a Geazi, seu moço: Eis aí a sunamita; corre-lhe ao encontro e pergunta-lhe: Vais bem? Vai bem teu marido? Vai bem teu filho? Ela respondeu: Vai bem” 2 Reis 4.8-37

Eu encontro neste texto uma das mais belas lições de vida cristã. Foi lendo esse texto que eu entendi o Salmo 23. Tudo vai bem e nada nos falta se Jesus é o nosso “Bom Pastor”.

Vai tudo bem contigo? Diante deste questionamento é bem possível que a nossa resposta seja um não ou um sim sem convicção, mas aquela mulher enfrentando um drama em sua casa com a morte do seu único filho ela responde: “Está tudo bem”.

Aprendi com a mulher sunamita que não devemos dramatizar a vida, mas desdramatiza-la e saber que o Senhor caminha conosco todos os dias até a consumação dos séculos, “Ele” é o Senhor da nossa história. O nosso Bom Redentor em todo tempo.  

Amados irmãos e irmãs para não dramatizar, vamos meditar para que possamos compreender que tudo está bem. Como vai tudo bem?!!!

Sim, está tudo bem porque a mulher sunamita nos ensinou que precisamos ter  convicção que a vida é dom de Deus e tudo está debaixo do controle do Senhor dos céus e da terra. Esta confiança fez com que ela olhasse para além das circunstâncias de seu coração ferido e contemplasse a vitória que Deus lhe havia reservado sem drama.

Sim, está tudo bem, porque aprendemos com a mulher sunamita que não é certo  dramatizar as nossas fraquezas, evidenciá-las como querendo auto piedade. Não é preciso mostrar pra todo mundo que temos medo e que temos impossibilidades. Tem gente que faz questão de mostrar pra todos que estão enfrentando lutas, mas a Bíblia ensina que apenas devemos entrar em nosso quarto e orar em secreto ao nosso Pai que nos ouve no silêncio da nossa solidão. Basta falar somente para pessoa certa que é Deus o nosso Bom Pastor. A Bíblia também diz que quando agimos assim o Criador  nos  faz andar de cabeça erguida em meios aos problemas como bem falou o salmista  no Salmo 3.

Sim, está tudo bem porque aprendemos com a mulher sunamita que quando procurando uma saída é sinal de vitalidade, ruim estaria se estivéssemos deprimidos, abatidos, prostrados, derrubados, mas a mulher sunamita estava a caminho de uma solução buscando possibilidades diante da dificuldade. Ela não ficou paralisada trancada em suas fraquezas. Quando não ficamos chorando acuados, mas  procuramos uma solução para as dificuldades então  cremos que está tudo bem.

Sim, está tudo bem porque aprendemos com a mulher sunamita que Deus está com a gente e se Deus está conosco  acreditamos que Ele tem “planos de bem e não de mal para que a gente tenha um futuro e uma esperança”.

Sim, e outra vez eu digo: Sim.  Sem medo de erra, está tudo bem.  Porque finalmente eu creio que Deus colocou no interior de cada um de nós a capacidade de não se deixar abater pelos problemas; e ao mesmo tempo suportá-los. Este poder é o dom da fé, da esperança, que nos faz crer na bondade e auxílio de Deus em todas as situações.

O Apóstolo Paulo divinamente inspirado falou em Romanos 15.13: “O Deus da esperança vos encha de toda a alegria e de toda a paz na vossa fé, para que pela virtude do Espírito Santo transbordeis de esperança!”

A fé nos faz entender que apesar dos problemas existirem, podemos enfrentá-los e acontecerão tempos melhores. A fé desperta a esperança e a esperança é um dos principais ingredientes para não se deixar vencer pelas tribulações. É a âncora da alma.

Igreja Batista do Barro Preto: Sim está tudo bem com a igreja, com o nosso pastor e também está tudo bem com cada irmão e irmã que confia no Senhor Jesus.

“O Senhor o nosso Pastor e nada nos faltará”

Pr. Valquimar Soares Machado

Recentes

Mensagem - Persevera, Mulher de Deus

Educação Cristã

Persevera, Mulher de Deus

Mensagem - Dízimos e Ofertas

Pastoral

Dízimos e Ofertas

Mensagem - Lideranca Espiritual

Pastoral

Nunca mais seremos os mesmos

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.