Mensagens

20/02/2013 0:03 - Atualizado em 20/02/2013 0:03

Um sonho e uma esperança

Temos vivido dias diferentes. A gentileza tem perdido seu espaço e seu encanto. Muitos bons hábitos tem perdido lugar para outros não tão bons. É triste pensar que isto tem ocorrido, não apenas no mundo, mas também em nosso meio, cristão.

Há muitas e belas exceções, mas a regra não é tão bela assim. Não temos observado mais alguns hábitos de outrora. Os mais velhos, têm que lutar pelo seu espaço, pois a gentileza deu lugar à disputa, e nessa luta, eles não são os favoritos. Isto já está fora de moda, dizem alguns. Mas as boas maneiras não podem e não devem ficar fora de moda.

Ficou fora de moda filho respeitar pai. Agora os pais é que tem medo dos filhos, os quais vão crescendo negando o que a palavra de Deus ensina: “Honra a teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra, que o Senhor teu Deus te dá.” Ex. 20:12. Esquecem-se de que “a palavra de Deus é viva e eficaz, mais penetrante que qualquer espada de dois gumes e penetra a divisão entre alma e espírito e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Hb 4:12

Temos nos esquecido que o nosso jeito de viver deve ser o jeito de Deus e não o jeito do mundo. Por isso temos nos deixado levar e estamos cada vez mais parecidos com o mundo. Os casamentos, mesmo no meio evangélico, tem perdido o seu sentido bíblico. “Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez, E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. Mt 19:4-6. Por isso os dias tem sido estranhos para nós. E temos nos envolvido tanto com jeito do mundo, que começamos a dizer: “é assim mesmo, todo mundo faz assim!” “Os tempos mudaram”, dizem outros, e mais ainda “precisamos evoluir.”

E nesta evolução vamos nos esquecendo do primeiro amor, das primeiras coisas. A palavra nos adverte de forma clara: ”Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.”Ap 2:4-5 Precisamos nos levantar. Deus nos chama para sermos diferentes e não iguais. “Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados” Ef 4:1 Andar de modo digno é buscar conhecer cada vez mais a vontade do Senhor. “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” Jo 14:21

Precisamos buscar a face do Senhor com mais determinação, com um desejo sincero de alcançarmos a estatura do varão perfeito. Não podemos nos contentar com menos do que isso. Precisamos lutar por um despertamento espiritual em nossas vidas, em nossas casas, em nossa igreja e no nosso país.

O nosso padrão de viver deve ser mais excelente. “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:1 Quando assim fizermos e assim vivermos estaremos anunciando de uma forma mais eficaz que Jesus Cristo Salva! E só Ele salva. Assim o mundo desejará ser parecido conosco. Assim seremos de fato sal e luz. Assim seremos instrumentos do Senhor, primeiramente dentro do nosso lar, depois no nosso círculo de relacionamento e daí por diante. Vivamos de tal forma que este seja o desejo de cada um de nós. Vivamos de tal forma que sejamos de fato uma família que agrada ao nosso bondoso Deus.

Célem Oliveira
Coordenador do ministério da Família

Recentes

Mensagem - O Culto Cristao

Pastoral

O Culto Cristão

Mensagem - Diaconia

Diaconal

Diaconia

Mensagem - Dia Batista de Oracao Mundial

Oração

Dia Batista de Oração Mundial

Comentários

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.